Posso ser uma mãe melhor?

. Posso ser uma mãe melhor, que aquela que tenho sido? . Será possível, hoje, à luz do que sei ser melhor do que sou? . Aquilo que fiz até agora foi o melhor que consegui fazer? . Alguma vez te fizeste estas perguntas? A querer ser uma mãe melhor Nem sempre foi assim é certo, e eu tenho (ainda) aquele ímpeto de querer ser o melhor que eu puder ser naquilo em que eu me foco. Gosto...

capazes

Quando são Capazes Sozinhos

Muitas vezes achamos que os nossos filhos não são capazes sozinhos. Quer seja para comer, vestir, lidar com os colegas, gerirem as tricas de irmãos, conviverem com situações do dia-a-dia, etc. Depende das idades, mas quando fazemos por eles o que já podem, ou conseguem fazer por si, limitamo-los, condicionamos o seu desenvolvimento e crescimento. Acompanhar Em contraponto, podemos acompanhá-los...

medo-do-novo

Medo do novo

Às vezes temos medo do novo. De uma nova forma de ensinar, de uma nova forma de aprender, de nos relacionarmos, de nos expressarmos, ou até de educarmos. E se não resultar? Essa pode ser a pergunta que nos surge. Então e como estás a fazer agora resulta como tu queres? Comunicas como queres? Falas como queres? Geres as tuas emoções como gostarias? Sentes firmeza no que fazes? Então, se a resposta é sim. Excelente!...

autonomia-fracasso

Quando Fracasso e Autonomia dão as Mãos

Fracasso e autonomia de mãos dadas, como assim? A autonomia é algo que os pais querem para os filhos e o fracasso é algo que muitos pais afastam dos filhos, à viva força, evitando que lidem essencialmente com a frustração e o medo. Então, nesses casos, onde fica o desenvolvimento da coragem, da perseverança e da confiança? Para se prepararem para a vida – fora da redoma dos pais - as crianças necessitam, desde logo,...

escola-casa

Regresso à Escola em CASA: A ordem no meio do caos

O Regresso à escola em casa. O caos. O universo é um caos. É um caos organizado. É um conjunto de planetas, estrelas, meteoritos e outros elementos que coexistem e se organizam no caos. E alguém questiona? Não. O caos faz parte da nossa vida. E talvez nos tenhamos apercebido que, antes de tudo, há áreas da nossa vida que estão organizadas e há áreas da nossa vida que não estão (nada) organizadas...